Postagens

Mostrando postagens de 2011

ENTREVISTA COM O HISTORIADOR ERIC HOBSBAWM

O historiador Eric Hobsbawm - que tem sua trilogia (A Era das Revoluções, A Era do Capital e A Era dos Extremos) reeditada no Brasil - diz que o aniversário da queda do Muro de Berlim deveria motivar uma discussão sobre o Ocidente pós-guerra fria. Defendendo suas convicções marxistas, ele afirmou: "Me recuso a dizer que perdi a esperança". Para Hobsbawn, o capitalismo chegou ao seu limite.

Quando Eric Hobsbawm estava escrevendo "A Era do Capital" -lançado em 1975-, explicou que fazia um imenso esforço para estudar algo que não lhe agradava nem um pouco. Hoje, o historiador marxista diz ter o mesmo sentimento, "eu não gostava da burguesia vitoriana e ainda não gosto, embora apreciasse o dinamismo daquele tempo". À essa impressão, porém, vem adicionando, nos últimos anos, mais uma, a nostalgia. 


"Agora, quando comparo o século 19 com o 20, sinto simpatia pelo modo como aqueles homens acreditavam no progresso. Foi um século de esperança. E essa minha nost…

SE O PROBLEMA DO FUNK É A LETRA...

Imagem

BONDE DOS FILÓSOFOS BOLADOS

Imagem

MAURÍCIO DE SOUSA POLÍTICO

Imagem

ZEITGEIST

Imagem

COMO A MÍDIA BRASILEIRA SUFOCA A LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Imagem

ALGUMAS PRECIOSIDADES FILMOGRÁFICAS...

Imagem

DOM JOÃO CARIOCA

Imagem
Em meio à comemoração dos 200 anos da chegada da família real portuguesa ao Brasil, no ano de 2008, e de todo o revisionismo que ela incita, a historiadora Lilia Schwarcz e o ilustrador Spacca propuseram contar o período pela linguagem dos quadrinhos em "D. João Carioca - A Corte Portuguesa no Brasil (1808-21)" (Companhia das Letras).

Baseado no livro, o canal Futura exibe desde março "Dom João no Brasil". Na série de 12 programetes, os desenhos originais ganharam vida com movimento de câmera, recursos de videografismo, trilha sonora e dublagem -que inclui o sotaque lusitano.


E, se não chegam a ser um desenho animado em seu formato mais tradicional, os programetes fazem uma boa transposição do livro para a TV. Hoje, o Futura reúne todos os episódios em um único programa, que traz ainda um making of sobre o processo de animação das ilustrações do livro.


Permeado por humor, "Dom João no Brasil" começa ainda em Portugal, com a notícia de que Napoleão dará um mê…

GABARITO - 2o ANO

Meu povo, estou a 90%! Abaixo o gabarito do simulado discursivo do 2o ano. Espero que ajude tanto os que ficaram de recuperação, quanto os que têm curiosidade pelo assunto.


***

1. Imperador Guilherme II da Alemanha assim se referiu, em 1901, aos sublevados chineses massacrados por um exército organizado por várias potências:

"Tal como os Hunos, há mil anos sob comando de Átila, ganharam uma reputação que ainda hoje vive na história, assim também possa o nome Alemanha tornar-se de tal modo conhecido na China que nenhum chinês jamais ouse novamente olhar com desdém um alemão."                 (Kaiser Guilherme II, imperador da Alemanha de 1888 a 1918.)
A partir do texto: A) Cite o nome da rebelião que se contrapôs à intromissão estrangeira na China em 1900.
Revolta/Rebelião dos Boxers.
B) Explique o processo histórico que resultou no estabelecimento de "zonas de influência" na China, ao final do século XIX.
A resposta ideal era mais simples do que se imaginava... O …

ARTE CONTEMPORÂNEA

Imagem

BANKSY

Imagem
Vídeo feito por mim para os alunos de História da Arte, compilando grandes trabalhos desse artista cuja existência ainda é desconhecida: não sabemos se se trata de um artista ou de um grupo deles.

Gabarito da Prova - 9o ano

Alô, meu povo!

Mando notícias de que estou bem! Quase 100%.

Acho que ajudaria esclarecer algumas questões acerca da última prova, já que não pudemos realizar nossa aula de revisão... por motivos doloridos.

A questão é que devemos aprender a enxergar nas provas de Humanas, sobretudo, um forte conteúdo político implícito e que as questões não estão lá ao acaso. Malícia em prova cai muito bem, obrigada...

Abaixo, o gabarito das questões!


COMENTEM!!!

Abraços, beijos e boas férias!

***



1. Em 1993, o IBGE divulgou dados estatísticos informando que o Brasil possui 32 milhões de miseráveis. Portanto, democrática na aparência, a sociedade brasileira é marcada, na verdade, por um "apartheid social". 
a) Explique a utilização do termo "apartheid social" para definir a sociedade brasileira atual.


Essa questão não foi problemática e deveria ser respondida, relacionando a definição de apartheid social e sua manifestação na sociedade brasileira. O apartheid foi o regime de segregação…
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...