QUESTÕES DE VESTIBULAR SOBRE A REVOLUÇÃO RUSSA COM GABARITO


1. Leon Trotski argumentava em 1904 que a tese política defendida por Lenin poderia "conduzir a organização do partido a substituir o partido, o Comitê central a substituir a organização do partido, e finalmente um ditador a substituir o Comitê central"
(Trotski, "NOSSAS TAREFAS POLÍTICAS", Brochura redigida e publicada em 1904, em Genebra). 

Assinale a alternativa com o nome do responsável pelo regime que, na prática, confirmou a previsão de Trotski
a) Bukharin
b) Stalin.
c) Kalinin.
d) Brejnev.
e) Molotov.

2. O Estado Soviético, formado após a Revolução Russa, cuidou de expurgar da cultura desse país toda e qualquer manifestação artística que estivesse, no entendimento das autoridades, associada ao chamado "espírito burguês". Foi criada, então, uma política cultural que decretava como arte oficial apenas as expressões que servissem de estímulo para a ideologia do proletariado. 

Dessa forma, foi consagrado um estilo conhecido por:

a) expressionismo soviético - que, através de uma orientação estética intimista, procurava expor a "alma inquieta dos povos eslavos", que passaram a integrar a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas.
b) abstracionismo proletário - que, através da decomposição geométrica do real, exprimia a "ordenação sincrônica da sociedade comunista".
c) realismo socialista - que, através de composições didáticas, esteticamente simplificadas, procurava enaltecer a "combatividade, a capacidade de trabalho e a consciência social" do povo soviético.
d) romantismo comunista - que, através de um figurativismo apenas sugestivo, procurava realizar a "idealização do mujique", o camponês russo típico, como representante das raízes culturais russas.
e) concretismo operário - que, através de uma concepção criadora autônoma - não resultante de modelos -, utilizava elementos visuais e táteis, com o objetivo de mostrar a "prevalência do concreto sobre o abstrato"- idéia básica no materialismo dialético.

3. Leia: 
“Tinha razão o camponês que declarou no VIII Congresso dos Sovietes: tudo vai bem. Mas, se a terra é para nós, o pão é para vocês, isto é, para os comissários; a água é para nós, mas o peixe para vocês; as florestas são para nós, mas a madeira para vocês." 
("lzvestia" de Kronstadt, 25/03/1921, cit. in Henri Arvon -A REVOLTA DE KRONSTADT)
a) Explique em que sentido essa denúncia chocava-se com o projeto bolchevique de todo poder aos sovietes
b) Qual a política implementada posteriormente por Stalin em relação ao campesinato? 

4. Em 1924, após a morte de Lenin, dois dos mais destacados dirigentes do Partido Bolchevique se opuseram: para Trotsky, tratava-se de defender a revolução permanente; para Stalin, tratava-se de defender o socialismo em um só país. Stalin venceu essa disputa e, a partir de então, a figura de Trotsky foi sendo progressivamente retirada dos documentos soviéticos. 

A partir da leitura do texto:
a) Transcreva o trecho que explica a divergência entre Trotski e Stalin.

b) Explique por que o stalinismo precisou varrer a imagem de Trotski da história soviética.


5. Considere o fragmento a seguir:
"... derrota na guerra, deserções, motins militares contra os superiores, greves nas fábricas, falta de gêneros alimentícios e combustíveis nas principais cidades, queda na produção, aviltamento dos salários, incapacidade governamental e crescente miséria das massas." 

O quadro descrito no texto conduziu à:
a) derrota dos franceses no Vietnã em 1954
b) descolonização Afro-Asiática em 1945
c) rebelião Boxer na China em 1900
d) Segunda Guerra Mundial em 1939
e) Revolução Russa em 1917


6. Em O ÚLTIMO CZAR, Eduard Radzinsky cita diversos registros de Nicolau II: 

"9 de janeiro. Disposição de ânimo alarmante entre os revolucionários e grande propaganda do proletariado."

"28 de janeiro. Eventos de extraordinária importância, com um potencial de graves conseqüências para a situação do Estado, não estão distantes"

"5 de fevereiro. A animosidade aumenta. Demonstrações espontâneas das massas serão a primeira etapa e também a última no caminho para excessos impiedosos e insensatos, no mais horrível dos acontecimentos: uma revolução anárquica"

Sobre a Revolução de fevereiro de 1917, é correto afirmar que:
a) a burguesia liberal apoiava a insurreição popular para instaurar no país um regime constitucional e parlamentar, ampliando o poder dos bolcheviques.
b) desejava substituir um regime liberal-burguês por outro operário-socialista.
c) as forças no poder eram: burguesia liberal, mencheviques e social-revolucionários.
d) seu plano baseava-se na reforma agrária e na estatização dos bancos e das fábricas.
e) seu caráter revolucionário baseava-se no proletário e no camponês.


7. A abolição do princípio da propriedade privada, a estatização dos meios de produção e a assinatura de um tratado de paz com a Alemanha, marcando a saída do país da guerra, foram as principais medidas adotadas na Rússia por:
a) Stalin, em agosto de 1929
b) Lenin, em outubro de 1917
c) Trotski, em abril de 1924
d) Kerensky, em fevereiro de 1917
e) Kornilov, em setembro de 1921

8. No contexto da Revolução Russa (1917), os Bolcheviques:
a) uniram-se numa organização contra-revolucionária para derrubar o poder conquistado pelos Mencheviques.
b) defendiam a conquista do poder pelos trabalhadores participando normalmente de eleições.
c) defendiam a posição segundo a qual os trabalhadores só chegariam ao poder pela luta revolucionária com a formação de uma ditadura do proletariado.
d) formaram o "Exército Vermelho" liderado pelos antigos militares.
e) alteraram sua denominação para Partido da Ditadura proibindo toda oposição ao Regime Socialista.

9. Analise os textos: 
"O que conta é que tenham a certeza de que não existirão mais proprietários fundiários no campo, e que serão eles, camponeses, que decidirão suas coisas, que organizarão a sua própria existência." 

"O que se produziu é uma insurreição e não uma composição. A insurreição das massas populares não precisa de justificação. Nós demos têmpera à energia revolucionária dos operários e dos soldados. Nós forjamos abertamente a vontade das massas para a insurreição. Nosso levante alcançou a vitória." 

Esses textos expressam o sentimento de vitória:
a) dos comunards, em 1871
b) dos democratas russos, em 1905
c) dos espartaquistas, em 1919
d) dos líderes do Contestado, em 1912
e) dos líderes da Revolução Russa, em 1917

10. No processo de implantação do socialismo na URSS houve dois momentos distintos, tomando-se o ano de 1928 como referência. No primeiro, por iniciativa de Lenin  foram toleradas algumas práticas capitalistas. No segundo, a partir de 1928, tiveram início os Planos Quinquenais e a era estalinista.

a) Explique qual a denominação do programa leninista que facultou a restauração de algumas práticas capitalistas.

b) Discorra sobre duas prioridades do primeiro Plano Quinquenal (1928-1933).

11. Leia:
"O êxito da Revolução Russa - (de fevereiro, ou março segundo o calendário ocidental) foi tão inesperado quanto sua eclosão (...) Nas províncias, o antigo poder governamental desapareceu de uma vez. Sem esperar por orientação, o povo instalou imediatamente NOVAS AUTORIDADES." 

As "NOVAS AUTORIDADES" na Revolução Russa, citadas no texto foram:
a) a Duma - o parlamento russo.
b) o sindicato dos operários industriais.
c) os soviets - conselho de representantes de operários, camponeses e soldados.
d) os interventores imperiais formados pela aristocracia rural.
e) os governadores nomeados pelo imperador.


12. Explique qual a divergência entre Stalin e Trotski que conduziu à disputa pelo poder na URSS em 1925. Qual o desfecho dessa disputa?


13. (Fgv) Em abril de 1917, o líder bolchevique Lenin, exilado em Zurique (Suíça), voltou à Rússia lançando as Teses de Abril. 
Nesse programa político é incorreto afirmar que Lenin propunha a/o:
a) formação de uma República de sovietes;
b) concessão à defesa nacional, dando total apoio ao governo provisório;
c) nacionalização dos bancos e das propriedades privadas;
d) reconstituição da Internacional;
e) controle da produção pelos operários.

14. (Puccamp) A Revolução Socialista na Rússia, em 1917, foi um dos acontecimentos mais significativos do século XX, uma vez que colocou em xeque a ordem socioeconômica capitalista. 
Sobre o desencadeamento do processo revolucionário, é correto afirmar que:
a) os mencheviques tiveram um papel fundamental no processo revolucionário por defenderem a implantação ditadura do proletariado.
b) os bolcheviques representavam a ala mais conservadora dos socialistas, sendo derrotados, pelos mencheviques, nas jornadas de outubro.
c) foi realimentado pela participação da Rússia na Primeira Guerra Mundial, o que desencadeou uma série de greves e revoltas populares em razão da crise de abastecimento de alimentos.
d) foi liderada por Stalin, a partir de outubro, que estabeleceu a tese da necessidade da revolução em um só país, em oposição a Trotsky, líder do exército vermelho.
e) o Partido Comunista conseguiu superar os conflitos que existiam no seu interior quando estabeleceu a Nova Política Econômica que representava os interesses dos setores mais conservadores.

15. (Pucpr) A respeito da Revolução Socialista na Rússia e da URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas) é correto afirmar:
a) A Revolução socialista que derrubou o Governo de Kerensky, o qual estabelecera uma república liberal-burguesa, exilou a Família Imperial Romanov em Paris.
b) A Revolução Socialista chegou ao poder com a liderança de Lenin e Leon Trotski e se empenhou em manter a Rússia na Primeira Guerra Mundial, fiel ao tratado da Tríplice Entente.
c) Exceto a Comuna de Paris (1871), a Revolução Socialista na Rússia significou a instauração do primeiro governo inspirado na ideologia de Karl Marx - Frederico Engels.
d) Após a morte de Lenin, Stalin triunfou na luta pelo poder com Trotski e defendeu sempre a ideia da "Revolução Permanente", de que deveria o modelo ser levado ao restante da Europa e ao mundo.
e) A URSS terminou, como organização política, em 1945, quando terminou também a Segunda Guerra Mundial.

16. Na queda do regime czarista e deflagração da Revolução Russa em 1917, houve a participação de líderes, grupos e organizações de oposição com divergências na estratégia de encaminhamento do movimento. 
A esse respeito, assinale a alternativa correta.
a) Para os mencheviques, sob a liderança de Stalin  era fundamental a saída da Rússia da Primeira Guerra Mundial, a fim de recuperar a economia, e a organização de um partido de revolucionários profissionais e disciplinados que liderasse os trabalhadores na deflagração imediata da revolução.
b) Para os bolcheviques, liderados por Lenin  a burguesia deveria ser a condutora inicial da revolução de outubro de 1917, desenvolvendo o capitalismo e criando condições para a posterior implantação do socialismo.
c) Os sovietes, conselhos formados por operários, camponeses e soldados, tiveram atuação decisiva na gestão da revolução, mas perderam força em seguida, com a centralização das decisões assumida pelo Partido Comunista.
d) Trotski  comandante do Exército Vermelho, defendia uma revolução limitada à Rússia, com a construção de um Estado revolucionário forte, para em seguida buscar a internacionalização do socialismo.

17. Observe a imagem o texto abaixo:
  

Camaradas, a vida de nosso bem-amado Stalin pertence ao povo inteiro. Stalin é nosso guia, nosso sol. Morte a todos os restos do bando fascista.
Sokorine, militante do Partido Comunista da URSS, 1936.
(Apud FERREIRA, Jorge. O socialismo soviético. In: REIS, Daniel Aarão Filho (org.) O século XX: o tempo das crises . Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000.)

O terror e a propaganda foram dois lados complementares do regime stalinista. Contudo, muitos historiadores afirmam que eles não são suficientes para explicar o grau de aprovação conseguido por este regime tanto dentro como fora da União Soviética.

O apoio político dado a Stalin dentro da URSS também é explicado pela:
a) eclosão da segunda revolução russa, que modificou as bases ideológicas do bolchevismo e excluiu lideranças como a de Trotski.
b) manipulação estatal do nacionalismo, que possibilitou a mobilização popular e revitalizou o caráter messiânico da cultura russa.
c) entrada de capitais estrangeiros após a Segunda Guerra Mundial, que facilitou a retomada da industrialização e permitiu a diminuição do desemprego.
d) introdução da Nova Política Econômica, que permitiu a manutenção da pequena propriedade privada e assegurou a permanência da aliança operário-camponesa.


18. (Ufes) A Revolução Russa de 1917 derrubou o regime czarista e estabeleceu o socialismo no país.

Assinale a alternativa correta em relação às medidas adotadas pelo novo governo.
a) Com a abdicação do Czar, estabeleceu-se uma aliança política entre os líderes do regime czarista e os dirigentes do governo provisório.
b) Lenin  prisioneiro político exilado na Sibéria, ficou excluído do processo revolucionário.
c) O governo socialista colocou em prática, imediatamente, o projeto de reconstrução da economia, a Nova Política Econômica (NEP).
d) A fase inicial do processo caracterizou-se pela alteração nas leis dos direitos civis, pela anulação dos títulos de nobreza, pela separação entre Igreja e Estado, pela reforma agrária e pelo fim da propriedade privada.
e) No nível político, o governo revolucionário promulgou, no mesmo ano, uma nova constituição, que legitimou a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS).

19. (Ufjf) Sobre o contexto social da Rússia, anterior à Revolução Bolchevique de 1917, é incorreto dizer que:
a) a grande massa da população era camponesa, reflexo das condições econômicas e sociais anteriores, havendo grande concentração fundiária nas mãos de poucos.
b) a industrialização estava restrita a poucas cidades, como Moscou e São Petersburgo, e fora financiada, em grande parte, pelo capital europeu ocidental.
c) apresentava uma burguesia forte e organizada, com um projeto revolucionário amadurecido, que defendia, entre outros aspectos, a criação de uma República no lugar do governo czarista.
d) o proletariado enfrentava péssimas condições de vida nas cidades, fruto dos baixos salários, mas dispunha de um certo grau de organização política, que possibilitava sua mobilização.
e) após o fim da servidão, houve uma intensa migração do campo em direção à cidade, contribuindo para o aumento da mão-de-obra disponível, que seria direcionada, em grande parte, para a indústria.

20. "DECRETO SOBRE TERRAS DA REUNIÃO DOS SOVIETES DE DEPUTADOS OPERÁRIOS E SOLDADOS.
             26 de outubro (8 de novembro) de 1917
1) Fica abolida, pelo presente decreto, sem nenhuma indenização, a propriedade latifundiária.
2) Todas as propriedades dos latifundiários, bem como as dos conventos e da igreja, acompanhadas de seus inventários, construções e demais acessórios ficarão a disposição dos comitês de terras e dos Sovietes de Deputados Camponeses, até a convocação da Assembléia Constituinte.
3) Quaisquer danos causados aos bens confiscados, que pertencem, daqui por diante, ao povo, é crime punido pelo tribunal revolucionário.
            Presidente do Soviete de Comissários do Povo - Vladimir Ulianov - Lênin".
            (ln: NENAROKOV, A. P. 1917: "a Revolução mês a mês". Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 1967. p.169.)

A edição deste decreto pelo novo governo revolucionário russo imediatamente após a tomada do poder exprime a necessidade de
a) explicitar o caráter camponês da Revolução Russa.
b) dar a burguesia russa uma garantia de que seus bens e propriedades permaneceriam intocados.
c) enfraquecer o poder dos antigos latifundiários e ganhar a imensa massa camponesa russa para a causa da Revolução, garantindo seu acesso à terra a partir de uma reforma agrária.
d) permitir aos antigos proprietários das terras, a nobreza expropriada pela Revolução de fevereiro de 1917, a retomada de seus direitos.
e) garantir a propriedade privada da terra para os novos detentores do poder, os Sovietes de Deputados e Camponeses.

21. (Ufrrj) Leia o texto a seguir.
Em 1921, o problema nacional central era o da recuperação econômica - o índice de desespero do país é eloquente: naquele ano, 36 milhões de pessoas não tinham o que comer. Nas novas e ruinosas condições da paz, o "comunismo de guerra" revelava-se insuficiente: era preciso estimular mais efetivamente os mecanismos econômicos da sociedade. Assim, ainda em 1921, no X Congresso do Partido, Lenin propõe um plano econômico de emergência: a Nova Política Econômica.
            NETO, J. P. "O que é Stalinismo". São Paulo: Brasiliense, 1981.

Sobre a chamada Nova Política Econômica é correto afirmar que:
a) ela reintroduziu práticas de exploração econômica anteriores à Revolução Russa de 1917 que se traduziram num abandono temporário de todas as transformações socialistas já feitas e um retorno ao capitalismo.
b) ela consistiu na manutenção de elementos econômicos socialistas, na organização da economia (como o planejamento) e na permissão para o estabelecimento de elementos capitalistas por meio da livre iniciativa em certos setores.
c) ela significou fundamentalmente uma reforma agrária radical que promoveu a coletivização forçada das propriedades agrárias e a construção de fazendas coletiva, os Kolkhozes.
d) seu resultado foi catastrófico, mesmo permitindo a volta controlada de relações capitalistas na economia, já que ela ampliou ainda mais o nível de desemprego e produziu fome em grande escala.
e) ela significou, com a abertura para o capitalismo, um aumento substancial da produção industrial, mas, ao mesmo tempo, por ter retirado todos os incentivos anteriormente concedidos à produção agrícola, foi a razão da ruína do campo.

22. (Unesp) O retorno a uma semi-economia de mercado provocou o reaparecimento da moeda e, durante o ano de 1921, renasceu o mercado propriamente dito. A desnacionalização de empresas começou respectivamente pelo pequeno e grande comércio, atingindo, mais tarde, a indústria leve. As cooperativas foram devolvidas aos seus antigos acionistas e, no final do ano, permaneciam nas mãos do Estado apenas os setores economicamente estratégicos, o crédito e a indústria pesada.
(Martin Malia. Entender a Revolução Russa.)

O trecho apresentado refere-se a um momento da Revolução Russa, no qual:
a) o Estado soviético implementa a Nova Política Econômica, procurando superar as dificuldades econômicas e sociais advindas do Comunismo de Guerra.
b) o partido bolchevista promove um processo de abertura política, instaurando um regime político democrático e pluripartidário.
c) o governo leninista, enfraquecido pela guerra civil, é obrigado a fazer concessões à tradicional nobreza czarista.
d) o Estado soviético aplica uma política de planificação econômica e de coletivização de terras denominada de Planos Quinquenais.
e) o conflito entre facções dentro do Estado resulta na oposição do partido bolchevista ao ideário socialista.

23. A queda do socialismo real no Leste Europeu conduziu o mundo a uma reflexão a respeito da bipolarização entre capitalismo e socialismo. 
Na Rússia, o socialismo foi implantado em 1917 sob a liderança do Partido:

a) Bolchevique
b) Social-Democrata
c) Conservador
d) Menchevique
e) Liberal-Burguês


24. (Ufu) Interprete as imagens a seguir. 




 Essas imagens apresentam um dos recursos utilizados pelo stalinismo para a anulação dos "inimigos" do regime soviético. 

A respeito do stalinismo na União Soviética, marque a alternativa correta:
a) Stalin empreendeu um governo autoritário, com características totalitárias, espalhando o terror, massacrando grupos considerados oposicionistas, cujas práticas foram denunciadas e apuradas após sua morte, o que desencadeou uma grande crise do socialismo real e do marxismo ocidental. 
b) No plano econômico, foram estabelecidos os chamados Planos Quinquenais, responsáveis pela implementação da reforma agrária com distribuição de pequenas propriedades aos camponeses e incentivo ao consumo de bens domésticos que promoveu a melhoria do padrão de vida dos trabalhadores em relação ao mundo capitalista. 
c) A segunda fotografia, ao retirar a figura de Trotski  demonstra a tentativa de eliminar não só a presença deste líder dos documentos oficiais, mas a sua própria memória em relação à Revolução Russa, quando defendia que a revolução socialista deveria ser limitada ao território russo para depois estendê-la a outros países, na chamada política do socialismo em um só país. 
d) A imagem de Stalin como o grande líder da revolução pode ser atestada pela sua postura diante dos trabalhadores na foto e pela técnica de adulteração de fotografias que retirou Trotski da segunda imagem. Estas iniciativas foram também implementadas nos programas radiofônicos e na produção de filmes pelo governo de Stalin  a fim de justificar as suas medidas impopulares no chamado "comunismo de guerra". 

25. Se compararmos a Revolução Russa com a Francesa, os bolchevistas poderiam ser comparados com os:
a) feuillants
b) sans-culottes
c) girondino
d) termidorianos
e) jacobinos

26. A Rússia, no século XX, passou por transformações políticas, sociais e econômicas devido à Revolução de 1917. 
Assinale a alternativa correta:
a) A URSS foi formada pela União da Rússia Socialista, da Rússia Czarista e das províncias do Leste Europeu
b) O movimento foi influenciado por ideias de filósofos como Voltaire e Montesquieu
c) A primeira fase da Revolução provocou a ascensão e o fortalecimento do czar Nicolau I
d) A Revolução provocou a queda do Antigo Regime, fazendo prevalecer a nova ordem socialista

27. "Paz, Pão e Terra". (Lenin) 
Assinale a opção que apresenta corretamente um fator que conduziu à Revolução Russa (1917):
a) A participação da Rússia na Primeira Guerra Mundial (1914 - 1918) recuperou a economia do país e  permitiu ao czar abafar com sucesso as críticas da oposição e os movimentos armados contrários ao regime.
b) O lançamento do "Manifesto de Outubro" (1905), instaurando a monarquia constitucional parlamentar,  possibilitou a criação dos sovietes (conselhos de trabalhadores) e significou uma tentativa de liberação do regime, que, entretanto, não foi consolidada.
c) A divulgação das "Teses de Abril", propostas pelos aristocratas, as quais pregavam a ampliação das  atribuições do Parlamento, o fim dos sovietes e a cassação imediata dos deputados bolchevistas.
d) A vitória na Guerra Russo-Japonesa (1905), ampliou o apoio ao czar, que encerrou as manifestações  revolucionárias com uma violenta repressão contra os mencheviques, conhecida como o  "Domingo Sangrento".
e) O controle do Parlamento (Duma) pelos bolcheviques, após o assassinato do ministro Stolypin (1911), favoreceu a gradativa diminuição dos poderes políticos do czar e sua submissão aos deputados do povo até a Revolução de 1917



28. Até no começo do século XX, o império da Rússia tinha um grande número de habitantes, mas também viviam um dos maiores problemas sociais:
a) A extrema pobreza do povo. 
b) A falta de mão de obra qualificada.
c) Muita corrupção política.
d) Epidemias de doenças contagiosas.
e) Grande índice de natalidade entre recém-nascidos.


29. Até o ano de 1917, o império da Rússia foi governado por:
a) república
b) república parlamentarista.
c) monarquias parlamentaristas.
d) monarquias absolutistas. 
e) república socialista.

30. Conjunto de ideias que criticava a exploração capitalista e defendia a construção do socialismo:
a) Ditadura
b) Marxismo 
c) Czar
d) Absolutismo
e) Mencheviques


31. Forma de governo cujo poder político, social e econômico estaria centrada nas mãos da classe operária:
a) Plebeísmo 
b) Marxismo
c) Ditadura do proletariado 
d) Monarquia absolutista
e) Monarquia parlamentarista

32. Para reconstruir a nação o governo russo adotou, em março de 1921, a nova política econômica. 
Todas as alternativas a seguir representava o que era permitido por essa política econômica, exceto:
a) A liberdade de comércio
b) A liberdade de salário
c) Criação de empresas privadas
d) Empréstimo de capitais estrangeiros
e) Bonificação salarial 


33. "Quando a terra pertencer aos camponeses e as fábricas aos operários e o poder aos sovietes, aí teremos a certeza de possuir alguma coisa pela qual lutar e por ela lutaremos!" 
(HILL, Christopher, "Lenin e a Revolução Russa". Rio de Janeiro, Zahar, 1967.) 

Com essas palavras de ordem, o socialismo tinha por meta: 
a) abolir a propriedade privada, a luta de classes e a dominação do homem pelo homem.
b) extinguir as relações religiosas, familiares e filantrópicas, instituindo formas comunitárias de convivência. 
c) promover o desenvolvimento por meio da distribuição da renda e da consolidação de um Estado assistencial. 
d) instaurar uma sociedade organizada em associações profissionais, com base na competência. 
e) garantir a presença do Estado, que funcionaria como mediador das relações interclasses sociais.

34. A Revolução Russa foi um dos grandes acontecimentos históricos que marcaram a crise da sociedade liberal no início do século XX. 
Sobre as etapas do processo de construção do socialismo na Rússia, podemos afirmar corretamente que:
a) O Governo Provisório, iniciado com a Revolução de Fevereiro (1917), levou ao poder os grupos liberais burgueses aliados aos mencheviques que, liderados pelo primeiro ministro Kerensky, fecharam a Duma (Parlamento) e encerraram as atividades dos Comitês de Sovietes.
b) a liderança exercida pelos bolcheviques sobre os demais partidos políticos atuantes no período pré-revolucionário permitiu que controlassem as reformas econômicas empreendidas pela Duma (Parlamento), convocada pelo Czar Nicolau II no Manifesto de Outubro (1905).
c) a participação da Rússia na Primeira Guerra Mundial (1914 -1918) fez retroceder o processo revolucionário, pois as baixas excessivas, sofridas pelo exército russo, foram compensadas por diversas anexações territoriais, tais como a Rússia Branca e a Georgia.
d) as diversas agitações populares e as tentativas revolucionárias, lideradas por segmentos burgueses e citadinos, enfraqueceram-se progressivamente após a vitória russa na guerra contra o Japão (1903-05), que abriu aos russos os ricos mercados comerciais do oriente.
e) as "Teses de Abril", enunciadas por Lenin (1917), popularizaram os ideais revolucionários bolchevistas ao reivindicarem a divisão das grandes propriedades fundiárias entre os camponeses e a entrega do poder aos sovietes, fortalecendo o partido bolchevique no processo da revolução.

35. Observe a seguinte charge:



O Estado de São Paulo, 18/05/1919
Observando a gravura e o texto publicitário, explique qual o princípio do bolchevismo está sendo evocado por este documento.


36. Leia o seguinte relato de Richar Pipes, autor do livro “O comunismo”:

O partido Operário Social-Democrata foi organizado, formalmente, em 1903, em um congresso em Londres. Lá o movimento imediatamente dividiu-se em duas facções, uma liderada por Martov, apelidada ‘menchevique’, e outra por Lênin, que chamava a si mesmo do ‘bolchevique’.

a) Determine as divergências políticas existentes entre os bolcheviques e mencheviques. 

b) Explique por que os bolcheviques derrubaram o governo provisório menchevique criado em fevereiro de 1917.

37. Leia o texto a seguir.

“Que a Rússia czarista estava madura para a revolução, merecia muitíssimo uma revolução, e na verdade essa revolução certamente derrubaria o czarismo, já fora aceito por todo observador sensato do panorama mundial desde a década de 1870” – Eric J. Hobsbawn

a) Com base nessa afirmação, destaque a situação econômica da Rússia antes que o processo revolucionário de 1917 acontecesse. 


b) Identifique e explique dois levantes que antecederam a Revolução Russa.

38. “ A queda da burguesia e a vitória do proletariado são igualmente inevitáveis ... Os proletários nada têm a perder com ela, a não ser as próprias cadeias e têm um mundo a ganhar. Proletários de todos os países, uni-vos!”
Assinale, nas alternativas abaixo, o nome do grande personagem da história a que devemos este pensamento:
a) Napoleão Bonaparte;
b) Thomas Malthus;
c) David Ricardo;
d) Friedrich Engels;
e) Karl Marx.

39. O “Manifesto Comunista”, 150 anos depois da 1ª edição, guarda um caráter de atualidade porque:
a) a burguesia ainda é uma classe revolucionária.
b) a exploração das massas proletárias continua em andamento.
c) o capitalismo chegou à fase final das suas contradições.
d) os direitos civis dos proletários estão completamente assegurados.
e) a união proletária se concretiza em escala mundial.



40. Leia o fragmento de texto seguinte, cuja referência bibliográfica foi intencionalmente omitida. 
“A burguesia não forjou apenas as armas que lhe trarão a morte, produziu também os homens que empunharão essas armas: os operários modernos, os proletários. A queda da burguesia e a vitória do proletariado são igualmente inevitáveis. Os proletários nada têm a perder, a não ser as próprias cadeias. E têm um mundo a ganhar. Proletários de todos os países, uni-vos.” [adaptação]

As ideias contidas nesse fragmento são representativas do(a):
a) Tratado de Versalhes, que criou uma série de determinações, visando enfraquecer o poder da burguesia na Europa. 
b) Declaração dos Direitos do Homem que se colocou contra a sociedade, a qual mantinha privilégios exclusivos da burguesia. 
c) Doutrina Monroe, que consolidou a autonomia latino-americana, propondo a união dos povos americanos. 
d) Manifesto Comunista, que esboçou as proposições que se tornaram o alicerce do movimento comunista internacional.


 41. O Partido Socialista era composto de duas correntes com diferentes idéias a respeito de como os operários tomariam o poder da Rússia: Os bolcheviques e os mencheviques. 

A partir desta informação podemos afirmar que:
I- Os bolcheviques achavam que se deveria formar um partido capaz do organizar a classe operária e instaurar a ditadura do proletariado através da luta armada.
II- Os mencheviques acreditavam que deveria formar um grande partido de massas, incluindo a burguesia, e participar das atividades políticas.
III- Lenin era o líder dos mencheviques e Kerensky dos bolcheviques.
IV- Bolchevique significa maioria e Menchevique significa minoria.
V- Os mencheviques conseguiram impor suas idéias e conduziram a Revolução Russa.

Após analisar as proposições acima assinale a alternativa correta:
A) Apenas a alternativa I é correta. 
B) Apenas a alternativa II é correta 
C) Apenas a alternativa III é correta
D) As alternativas I e III estão corretas 
E) As alternativas I, II e IV estão corretas.

42. Com relação ao processo revolucionário russo, que culminou com a tomada do poder pelos bolcheviques 1917, pode-se afirmar que: 
a) Na fase denominada Comunismo de Guerra, as medidas tomadas por Lenin está a centralização da produção e a eliminação da economia de mercado. 
b) O governo provisório de Kerensky, tão logo assumiu o poder, retirou a Rússia da Guerra através do tratado de Brest-Litovsky. 
c) O lema “Paz, Terra e Pão”, adotado por Lenin, líder menchevique ,foi fundamental para o apoio do campesinato a revolução. 
d) Na guerra civil entre brancos e vermelhos, os vermelhos receberam auxílio dos países capitalistas europeus. 
e) Na fase da NEP (Nova Política Econômica), houve a estatização definitiva de todas as indústrias e a proibição de entrada de técnicos estrangeiros.




43. “Todo poder aos sovietes”. Esta frase de Lenin estabelecia uma das bases da Revolução Bolchevique. 
O que eram os Sovietes? 
a) Representavam os conselhos populares formados pela burguesia industrial, os camponeses e os operários.
b) Assembléia capaz do organizar a classe operária e instaurar a ditadura do proletariado através da luta armada.
c) Significa comitês, eram congressos que reuniam trabalhadores, soldados e camponeses.
d) Um tipo de assembléia chamada Duma que congregaria representantes os trabalhadores e de outra classes sociais.



44. Quais as principais medidas estabelecidas pelos bolcheviques ao chegar no poder?
a) Estatizou fábricas, bancos, confiscou os bens e propriedades. Distribuindo os latifúndios aos camponeses. Retirou a Rússia da guerra
b) Mantiveram a Rússia na guerra. Aplicaram a economia de mercado e derrubaram o governo provisório.
c) Aboliram a censura à imprensa, legalizaram os partidos políticos e concederam anistia aos exilados políticos.
d) Derrubaram o Czar. Mantiveram a Rússia na guerra. Não atenderam a principal reivindicação dos camponeses: a reforma agrária 


45. Leia o seguinte texto: 

"É ingênuo esperar a maioria formal dos bolcheviques; nenhuma revolução espera isso. ... Precisamente as ruinosas vacilações da Conferência Democrática devem esgotar e esgotarão a paciência dos operários de Petrogrado e Moscou! A história não nos perdoará se não tomarmos agora o Poder." 

Diga quem o escreveu:
a) Lenin;
b) Yeltsin;
c) Trotski;
d) Rosa de Luxemburgo;
e) Kerensky.

46. "Durante a Revolução de 1917, quase todas as nacionalidades da Rússia enxergaram na queda do czarismo e, depois, na do governo provisório a oportunidade para recuperarem sua liberdade." 
(FERRO, Marc. HISTÓRIA DAS COLONIZAÇÕES: DAS CONQUISTAS ÀS INDEPENDÊNCIAS - SÉCULOS XIII A XX. São Paulo, Companhia das Letras, 1996.) 
Todas as alternativas apresentam afirmações corretas sobre a questão das nacionalidades na URSS, EXCETO
a) A tese da revolução mundial promoveu uma revisão pelos bolcheviques do princípio da autodeterminação dos povos.
b) Lenin, enquanto líder expressivo da Revolução Russa, sempre se manifestou contra o princípio da autodeterminação dos povos.
c) O direito à autodeterminação dos povos, embora proclamado pelos revolucionários de 17, nunca foi efetivamente praticado.
d) O fracasso na resolução do problema das nacionalidades pelo governos comunistas ficou evidente no momento da fragmentação da antiga URSS.


47. Em outubro deste ano, a Revolução Russa de 1917 comemorou seu 80 anos, continuando a ser alvo de intensas discussões que polarizaram as opiniões: de um lado, uma etapa decisiva na libertação da sociedade russa; de outro, uma conjuntura denunciada como um período de crimes e de desastre. Vista por qualquer um dos prismas, a Revolução de 1917 teve significado mundial, embora suas raízes devam ser buscadas em condições especificamente russas. 

Dentre essas condições que desencadearam o processo da Revolução Russa, pode-se destacar:
a) a autocracia czarista, que convivia com uma economia rural estagnada e um campesinato faminto.
b) o fim da servidão, que possibilitou o progresso agrícola e o acesso à terra de grande parcela do campesinato.
c) a mobilidade das classes sociais, que garantiu a ascensão de inúmeros trabalhadores fabris e pequenos proprietários.
d) o papel fundamental de uma burguesia industrial e financeira, que estimulou o desenvolvimento de uma indústria de base.


48. A respeito da Revolução russa de 1917, julgue verdadeiro (V) ou falso (F) os seguintes itens. 

(   ) Ocorrida em meio à Primeira Guerra Mundial, estabeleceu uma ruptura política e social, iniciando uma radical transformação da Rússia dos czares. 
(   ) Em um primeiro momento, a burguesia russa assumiu o poder; em seguida, com a ascensão bolchevista, a revolução tornou-se proletária. 
(   ) Nos primeiros anos do novo regime, sob a liderança de Lenin, foram tomadas medidas de nacionalização da indústria, de reorganização da sociedade e de combate à contra-revolução. 
(   ) Com Stalin, que governou a União Soviética durante vários anos, consolidou-se a abertura política do regime, pela adoção do pluripartidarismo e de medidas descentralizadoras.

49. Explique a importância para a História do acontecimento denominado Revolução Russa.

50. Explique as duas etapas do processo da Revolução Russa .


***

GABARITO:

1. B
2. C
3. a) Na medida em que o projeto bolchevique prometia acabar com as desigualdades sociais,
através de conselhos populares.
b) Stalin provocou a coletivização forçada do campo e neutralizou o poder dos Gulaks.
4. A) “Para Trotsky, tratava-se de defender a revolução permanente; para Stalin, tratava-se
de defender o socialismo em um só país.”
b) Para não haver críticas ao seu governo.
5. E
6. C
7. B
8. C
9. E
10. a) Nova Política Econômica
b) Indústria pesada e a coletivização da agricultura.  
11. C
12. Trotsky criticava Stalin, que acabou explusando-o do Partido e da URSS.Ele criticava Stalin pois queria expandir a Revolução Russa e Stalin queria consolidá-la e depois expandí-la.Depois de um tempo, Stalin mandou matá-lo, tornando-se vitorioso.
13. B
14. C
15. C
16. C
17. B
18. D
19. C
20. C
21. B
22. A
23. A
24. A
25. B
26. D
27. B
28. A
29. D
30. B
31. C
32. E
33. A
34. E
35. Na imagem, o garoto que pede a partilha do chocolate seria o praticante do bolchevismo, termo que significa o mesmo que socialismo. De fato, o pensamento socialista determina que a noção de posse seja abolida em favor de uma sociedade em que todas as pessoas tenham um mesmo padrão de vida. Dessa forma, todas as forças produtivas e a riqueza gerada pelas mesmas deveriam ser divididas igualitariamente.

36. a) Os bolcheviques acreditavam que o governo czarista deveria ser imediatamente substituído por um governo socialista controlado pelos trabalhadores. Em contrapartida, os mencheviques defendiam que o governo pós-czarista deveria ser entregue para os burgueses que, por sua vez, desenvolveriam as forças produtivas do país para só depois abrir caminho para as transformações de natureza socialista.

b) Inspirados pelas críticas de Lênin registradas nas “Teses de Abril”, os bolcheviques organizaram uma força militar que tomaria frente do governo russo. Além deste suporte ideológico, a decisão de manter a Rússia na Primeira Guerra Mundial foi ponto fundamental para que a população promovesse a derrubada dos mencheviques.

37. a) Antes que a revolução acontecesse, a Rússia vivia uma situação econômica marcada pela questão do atraso. A grande parte do país dependia da produção agrícola e os camponeses viviam subordinados ao mando de uma pequena faixa de grandes proprietários de terra. Ao mesmo tempo, a industrialização do país se dava pela força do capital estrangeiro e da exploração sistemática de uma classe operária em formação.

b) O Domingo Sangrento e a rebelião do Encouraçado Potemkin foram dois eventos que indicavam a grave crise que ameaçava o regime czarista, ambos realizados no ano de 1905. No primeiro, um grupo de operários foi assassinado durante uma manifestação pacífica onde reivindicavam aumento de salários e melhores condições de vida. No segundo, um grupo de militares tomou uma embarcação oficial em sinal de protesto à manutenção do país na Guerra Russo-japonesa.
38. E
39. B
40. D
41. E
42. A
43. C
44. A
45. A
46. B
47. A
48. V V V F
49. O estudo deste processo revolucionário tornou-se importante para a História, em razão das representações e rupturas relacionadas com as mudanças na estrutura do poder político, sociais e econômicas. Em linhas gerais é considerada o modelo clássico de revolução proletária que destruiu a ordem capitalista e burguesa lançando os fundamentos do primeiro Estado socialista da história da humanidade, acontecimento este de relevância para a História. 
50. O primeiro momento deu-se com a revolução de fevereiro, que promoveu a queda do czarismo e a instalação de um governo da burguesia, democrático e liberal, comandado pelo partido Menchevique. 
O segundo momento, com a revolução de outubro, marca o período da tomada do poder pelos bolcheviques marxistas (do partido operário), para instaurar o governo composto pelos proletários e início da história de um novo país que se chamou União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) a partir de 1921. 

Comentários

Anônimo disse…
Adorei muito bom trabalho continue assim
Anônimo disse…
Valeu, obrigado pelas questões, me ajudou bastante!
Anônimo disse…
sou um negão de3 metros e adoro sabir + sobri a ruçia e un lujar tao bunitu i el tenhu 1 sonhu di ir lá obigadu !!11!!!111111!!!1
Anônimo disse…
onde acho o gabarito ?
Anônimo disse…
ÓTIMOS EXERCÍCIOS ME AJUDOU MUITO VALEU!!!!!!!
Anônimo disse…
ÓTIMOS EXERCÍCIOS ME AJUDOU MUITO VALEU!!!!!
Anônimo disse…
VALEU MT ESSES EXERCICIOS ME AJUDAM PRA CARAMBA NA REC VLW MSM
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...